Inicio da Viagem

  • RIOS INTERNACIONAIS IBÉRICOS

    O Mário Martin Guia, já na terceira tenra idade, tem desde a primeira uma fascinação enorme por água em todas as suas formas.

    Momentos houve em que a apreciava mais no estado sólido sob a forma de cubos de gelo mas, depois, deixou de beber whisky ou qualquer álcool nas suas formas concentrada ou diluída e, quanto à água, passou a dedicar-se quase exclusivamente, para além das do Luso e da banheira, à dos mares onde ainda mergulha, de preferência mais revoltos do que calmos.

    Com o passar dos anos, e pouco a pouco, começou também a apreciar a beleza mais tranquila dos rios, ribeiras e riachos que, tranquilamente ou de sobressalto em sobressalto, se abraçam e misturam no tempo e no espaço para, juntos e aliados à chuva, fazerem e serem parte vital dos Mares e dos Oceanos do nosso Planeta.

    SEM ÁGUA NÃO HÁ VIDA!

    Para o autor, a Água dos rios, ribeiras, ribeiros, riachos, açudes e fontes é Vida Viva, vida palpitante que corre, escorre, mergulha, evapora, gela, congela, degela, desaparece, regenera … … reaparece … e que … sobretudo … gera!

                                     → Prosseguindo.

     

     


    January 2nd, 2014 | riosibericos | No Comments |

About The Author

Comments are closed.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.