ALFANDEGA DA FE

  • ALFÂNDEGA DA FÉ
    (0816)
    Localização
    Localização Portugal
    Alfândega da Fé
    Região Norte
    Sub-região Alto Trás-os-Montes,
    Distrito de Bragança

    Latitude: 41.341664; Longitude: -6.962422
    Altitude: 550 metros.

    Área 321,9 Km2
    Habitantes 2 000
    Clima Quente temperado com muita chuva no Inverno. Temperatura média anual de 12,1ºC.
    Estradas N-315, N-215
    Habitação
    Médio Custo

    Estalagem Senhora das Neves
    Estrada Nacional 315, Alto da Serra de Bornes, Sambade
    5350-909 Alfândega da Fé
    Telef: (351) 279 200 260

    Pensão Residencial Nobre
    Avenida Doutor Sá Carneiro
    5350-005 Alfândega da Fé
    Telef: (351) 279 462 114

    Onde Comer

    Restaurante Gaspar
    Rua António José Pimentel
    5350 Alfândega da Fé
    Telef: 279 463 100

    Restaurante Nordeste da Estalagem da Senhora das Neves
    Estrada Nacional 315, Alto da Serra de Bornes, Sambade
    5350-312 Alfândega da Fé
    Telef: (351) 279 200 260

    Especialidades Gastronómicas
    Naco de vitela, bacalhau, cabrito, botelo com casulas secas, sopas da segada, alheiras, chouriços, cerejas, azeite
    Detalhes
    A fundação de Alfândega da Fé foi efetuada pelos árabes, provavelmente no século VIII, que apreciavam muito a qualidade dos seus solos comparando-os, inclusivamente, aos da Síria.
    Alfandagh, donde provém o nome de Alfândega da Fé, significa em árabe estalagem ou fronteira dando uma indicação da boa qualidade das gentes que povoavam a zona e, também pode significar, lugar onde se cobram direitos relativos ao trânsito de mercadorias.
    A palavra Fé teria sido acrescentada quando da conquista cristã.
    Em 17 de setembro de 1295, D. Dinis concedeu a Alfândega da Fé a sua Carta de Feira, confirmada por D. João I em 13 de janeiro de 1410.
    Do castelo mandado construir por D. Dinis só resta a Torre do Relógio.
    A Vila tomou o partido de Castela durante a crise de 1383/1385.
    Em 1510 D. Manuel I concedeu um novo foral a Alfândega da Fé, que com ele aumentou a sua área.
    A vila foi-se despovoando pouco a pouco, situação que se manteve até à primeira metade do século XVII.
    Esta tendência inverteu-se na segunda metade do mesmo século, graças, em parte, à criação do bicho-da-seda
    Em 24 de outubro de 1855 o Concelho foi extinto e as suas freguesias integradas em Moncorvo, Vila Flor, Macedo dos Cavaleiros e Mogadouro, tendo sido restaurado em 1898.
    Alfândega da Fé tem caraterísticas basicamente rurais e pecuárias sendo de destacar as suas produções de cereja, azeite e castanha.

    Câmara Municipal de Alfândega da Fé
    Telef: (351) 279 957 100
    gabinetepresidencia.cmaf@gmail.com

    Locais a Visitar
    Torre do Relógio, Capela da Misericórdia, Capela de São Sebastião, Portal de Entrada da Casa dos Mendonças,
    Festas
    Último domingo de maio Festa dos Cerejais em honra de Nossa Senhora de Fátima
    Fotos

    (0819)


    (0814)


    (0817)


    (0818)


    (0820)


    (0821)


    (0822)


    (0823)


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.