RIO DOURO

  • RIO DOURO OU DUERO


    O Rio Douro ou Duero, ao contrário de outros rios, é um rio franco e leal que sabe exatamente onde nasce, não enganando ninguém desde a Nascente até Foz.

    O acesso à sua Nascente faz-nos testar as capacidades trepadoras, uma vez que, a partir do Parque de Estacionamento onde arrumamos o carro, nos obriga a uma subida mais ou menos inóspita de duas a três horas, variando o tempo na razão direta do grupo etário.

    O autor, especializado em escaladas com sapatos de pelica tipo cardeal (método que também utilizou nas faldas do Machupichu) subiu aos Picos de Urbión, onde nasce o Rio Douro ou Duero, com um consumo notável de dores de pernas, duas quedas e um rasgão nas calças na área posterior da coxa (trambolhão em pranchado para trás) que o obrigou a deitá-las fora, porque isto de Cerzideiras e de Guardas Rios são coisas que já não se encontram nas culturas atuais promotoras, por excelência, de obsolências precoces que nos levam a ir ao Banco pedir dinheiro emprestado para trocar o que ainda funciona bem por um novo modelo de que não necessitávamos, contribuindo assim galhardamente para mantermos a Sociedade dita de Consumo bem oleada.

    O Leitor sabe qual é o Produto, Bem Material ou Imaterial mais vendido nesta classe de Sociedade? Pois é o Crédito, animal estranho que se alapa na palavra Mercados, que ninguém sabe bem o que são e, sobretudo, de quem são e que, como tal, muito provavelmente devem viver razoavelmente e não pagar impostos.

    E sabe qual é o Produto que, para a imensa maioria da população mundial, é o mais difícil de comprar a pronto e, paradoxalmente, é o que mais se transaciona? É o Dinheiro, amigo de peito do Crédito, esse animal que, alimentando a frescura dos sonhos, dejeta o suor dos pesadelos.

    Voltaremos, talvez, a este tema mais tarde mas, por agora, vamos regressar ao Rio Douro ou Duero e a Escaladas.

    O autor, um eterno, apaixonado por Dados Estatísticos, bichinhos da família dos Hieróglifos que lhe dão muito jeito porque, quando devidamente conjugados com as bases e os períodos de observação, lhe permitem condimentar mixórdias com as quais ele, ou qualquer cidadão medianamente inteligente, pode provar cientificamente tanto uma hipótese como a sua contrária, se, imenso se, tiverem a cautela primária de apresentarem os Resultados em Percentagens.

    Deseja, ainda, informá-lo que na sua subida ao Machupichu a percentagem de consumo intrínseco foi em 20% superior ao da subida à Nascente do Rio Douro ou Duero, na Serra de Urbión: uma queda mais violenta (trambolhão enranchado para a frente) e rasgões assinaláveis nas calças, num joelho e numa canela.

    As práticas estatísticas atrás apontadas são moeda corrente nos plenários e comissões dos parlamentos e nos discursos dos Condottieri ao povo ignorante e sofredor.

    Ainda não há muito tempo o autor viu na televisão um Pseudo Responsável nacional que quase o convenceu, através da manipulação das percentagens referentes à Evolução de patamares de rendimentos per capita, taxas de inflação, taxas de recessão e outras taxas a elas aparentadas e convenientes do Ferramental Post-Keynes salpicado de nostalgia de Adam Smith, de que o nosso povo, mergulhado até ao pescoço na Europa-de-Segundo Tempo (ou, dada a proximidade geográfica da ligação intramediterrânica, na Europa-de-Tempo-Teso-Árabóafricano), apesar da Crise provocada por terceiros a que era completamente alheio, estava prestes a atingir o nível de Felicidade Social dos USA e da Europa de Primeiro Tempo.

    Se o Leitor quiser entalar quem se proponha fazer-lhe o mesmo, pergunte, insista, faça uma birra e não deixe andar a conversa para a frente sem que responda à pergunta: MUITO BEM E QUAIS SÃO OS VALORES ABSOLUTOS?

    Ou, por outras palavras, que saia das percentagens e o informe dos valores absolutos que elas escondem e se escondem por detrás delas.

    Em qualquer caso e no que respeita a Rendimentos per Capita, se lhe disserem que aumentou, imagine que ele é uma galinha e exija que lhe digam por quem e por quantos foram repartidos os bicos, os ossos, a carcaça e as patas e por quem e por quantos foi distribuída a chicha da restante ave.

    Se o seu Estudo incidir sobre a Classe Média não se esqueça também de quantificar em valores absolutos os efeitos económicos multiplicativos das Reciclagens e Metamorfoses, obtidas pela galinha na sua atribulada existência Post Terrena, em que passa do estado de galinha a croquete, de croquete a empadão … para eventualmente regredir, e, falecer, definitivamente, sob a forma de croquete de batata.

    oooooooooo

    A Estrada que serve o Parque de Estacionamento onde poderá parquear parte de Duruelo de la Sierra e tem Indicações que o levam facilmente ao local pretendido, por exemplo:

    (02023)

    (02024)


    No seu caminho de ida, ou, na volta, não deixe de visitar Castro Viejo onde a grandiosidade e singularidade dos rochedos misturadas com o arvoredo e o silêncio da paisagem constituem algo realmente a não perder.

    (09211)

    (02058)


    Tão pouco deve perder a visita à Laguna Negra, lagoa de origem glacial situada entre os Municípios de Vinuesa e Covaleda e que as lendas da região dizem não ter fundo, ou comunicar com o mar através de galerias e cavernas.

    (02061) Laguna Negra

    (02065) Laguna Negra

    (02064) Laguna Negra


    oooooooooo

    O Rio Douro ou Duero abre os olhos para a vida na Serra de Urbión, em Duruelo de la Sierra (Estrada CL-117 entre Covaleda e Regumiel de la Sierra), Soria, Espanha, um pouco abaixo dos Picos de Urbión numa Bica castanha com o formato de uma telha comprida que sai de um amontoado mais ou menos compacto de rochas, num local devidamente assinalado por um cartaz pelas Autoridades Locais.

    Há quem atribua a esta Bica a designação de Fuente del Duero.

    (02029) Picos de Urbion

    (02055) Aves por cima da Nascente

    (02054) Cartaz

    (02044) Cartaz com autor

    (02053) Bica

    (02051) Bica enquadrada com os Picos

    (02052) Bica mais próxima

    (02047) Bica vista por cima

    (C0055) O autor sobre a bica

    O Douro ou Duero segue, depois, tranquilamente serra a baixo, recebendo no seu caminho água de riachos mini-afluentes que o vão ajudando a crescer e fazer-se gente.

    (02043) Logo a seguir à bica

    (02042) A seguir

    (02040) A seguir

    (02041) A seguir

    (02039) A seguir

    Eis a fotografia do riacho, primeiro afluente do Rio Douro ou Duero:

    (02037)

    Para qualquer lado para que nos viremos a paisagem, aconchegada no silêncio da serra, é sempre linda.

    (02026)

    (02027)

    Continuando na descida e um pouco antes do Parque de Estacionamento, o Douro ou Duero toma o seguinte aspeto, no silêncio dos mugidos e chocalhos

    (02025)

    “E assim damos por terminada a parte respeitante ao Nacimiento del Rio Duero ou à Nascente do Rio Douro e iniciamos o percurso que o leva a passar por debaixo das suas duas primeiras pontes, praticamente invisíveis, e à terceira, bem visível, em Duruelo de la Sierra.”




    Oportunidades perdidas em experiências passadas que não foram vividas
    são encontros desencontrados em que o encontro está lá e em que ignoramos que está!

    Martin Guia


    1ª PONTE – NA BIFURCAÇÃO DA ESTRADA/CAMINHO DE DURUELO DE LA SIERRA PARA CASTRO VIEJO COM O ESTRADÃO QUE LEVA AO PARQUE DE ESTACIONAMENTO PARA A SUBIDA, A PÉ, À NASCENTE DO RIO DOURO

    (09218) Tabuleiro (sem qualquer muro)

    (09220) Tabuleiro (sem qualquer muro)

    (09216) Piso

    (09217) Montante

    (09219) Montante

    (09221) Piso e Jusante

    (09222) Jusante

    (09223) Jusante





    Se a partir do amor primeiro os meus sonhos têm cheiro,
    foi a partir do teu cheiro que sonhei o amor primeiro
    e ao acordar no teu mundo, o derradeiro e segundo!

    Martin Guia


    2ª PONTE – ENTRE A BIFURCAÇÃO CASTRO VIEJO – PARQUE DE ESTACIONAMENTO E DURUELO DE LA SIERRA

    (09226) Piso

    (09227) Montante

    (09228) Jusante





    Mascaramo-nos do que não somos para fingirmos que somos
    porque se não fingirmos que somos … não somos!

    Martin Guia


    3ª PONTE – EM DURUELO DE LA SIERRA – ENTRE COVALEDA E REGUMIEL DE LA SIERRA, CL-117

    (09186) Piso

    (09188) Montante

    (09189) Montante

    (09192) Jusante

    (09193) Jusante





    Desespero à espera da hora que não chega sabendo de antemão que, se muito esperar, a realidade é sempre inferior à ilusão! Vou quebrar este azar que me persegue esperando desejando que não chegue!

    Martin Guia


    4ª PONTE – EM SALDUERO – ENTRE DURUELO DE LA SIERRA E COVALEDA, CL-117

    (09260) Piso visto de Montante para Jusante

    (02074) Piso

    (02073) Piso

    (09261) Piso

    (09262) Montante

    (09264) Jusante





    Sol que do mar fazes arco-íris e que passas o verde escuro cinzento a azul
    ouve o meu lamento, vive a minha dor, entranha-me e muda-me de cor!

    Martin Guia


    5ª PONTE – EM COVALEDA – PARQUE DE CAMPISMO, JUNTO CL-117

    (02072) Tabuleiro





    Neste mundo já meio destruído é certo e sabido que convém estar no fim da cadeia alimentar sempre que o primeiro for o primeiro a ser comido!

    Martin Guia


    6ª PONTE – PONTE DE SORIA – ENTRE COVALEDA E MOLINOS DE DUERO, CL-117

    (02071) Tabuleiro

    (09252) Piso

    (09253) Montante

    (09256) Jusante





    O tempo não é meu ou teu, não é de cá ou de lá,
    o dono do tempo é o tempo que é aqui e já!

    Martin Guia


    7ª PONTE – EM MOLINOS DE DUERO – CRUZAMENTO C-117 COM SO-820

    (09269) Piso

    (09270) Montante

    (09271) Montante

    (09273) Jusante

    (09274) Jusante





    Péricles, Figo, Sófocles, Platão, Eusébio, Peyroteo, Mozart, Ronaldo, Vasques, Travassos e Albano clássicos a ter sempre à mão para provarmos a nossa erudição!

    Martin Guia


    8ª PONTE – ENTRE MOLINOS DE DUERO E VINUESA, SO-820 (ESCONDIDA)

    (09288) Piso

    (09289) Piso

    (09290) Montante

    (09291) Montante

    (09292) Jusante

    (09293) Jusante





    Quis acertar o meu passo pelo teu, mas de nada valeu porque vais sempre tão depressa que não me dás tempo a que perca a cabeça … e que não seja eu

    Martin Guia


    9ª PONTE ROMANA EM RUINAS – JUNTO A VINUESA, SO-820

    (09314) Tabuleiro e Montante

    (09320) Piso e Jusante

    (09321) Piso e Jusante





    Fantasia, que migalha a migalha me enches de esperança, não sejas cobarde, cresce e sê a minha saudade do que vai ser … porque já se faz tarde!

    Martin Guia


    10ª PONTE – EM VINUESA, EL MONTE (INTRANSITÁVEL), SO-820

    (09311) Tabuleiro

    (09316) Piso

    (09313) Montante

    (09317) Jusante





    Se eu sou o trigo, tu és a pragana, quero estar contigo quando a seara abana!

    Martin Guia


    11ª EMBALSE DE LA CUERDA DEL POZO – ENTRE VINUESA E CIDONES, SO-810, KM 11

    (09332) Piso

    (09326) Piso

    (09325) Montante

    (09338) Montante

    (09333 ) Jusante

    (09329) Jusante

    (09330) Jusante





    Muitas vezes parece que o tempo cristaliza, a hora não chega e o minuto demorou,
    mas a dura verdade é que o segundo de agora já foi e passou!

    Martin Guia


    12ª PONTE – ENTRE A SO-820 E VILVIESTRE DE LOS NABOS, SO-P-6103

    (09363) Tabuleiro

    (09344) Piso

    (09345) Piso

    (09350) Montante

    (09365) Montante

    (09354) Jusante

    (09355) Jusante





    Até hoje, primeira vez em que te vi, não tinha percebido
    que me farias falta, mesmo se não te tivesse conhecido!

    Martin Guia


    13ª PONTE – ANTIGA – ENTRE HINOJOSA DE LA SIERRA E OTERUELOS, TOLEDILLO, SO-800

    (09154) Piso

    (09155) Piso

    (09156) Montante

    (09158) Jusante





    Se ainda não entendeste que moras no meu coração desde o dia em que te vi,
    triste sina a minha então, não moro dentro de ti!

    Martin Guia


    14ª PONTE – ENTRE HINOJOSA DE LA SIERRA E OTERUELOS, TOLEDILLO, SO-800

    (09148) Piso

    (09149) Montante

    (09152) Jusante





    Sou o que se não vê, mas há, do que há mas não existe,
    a recordação eterna de ti, amor, que já Partiste!

    Martin Guia


    15ª PONTE – EM GARRAY – ENTRE GARRAY E SORIA – O RIO TERA JUNTA-SE À MARGEM ESQUERDA DO RIO DOURO, N-111

    (09115) Piso

    (09112) Montante

    (09113) Jusante

    (09127) Junção do Rio Tera com o Rio Duero





    Se a justiça está dentro de nós desde o nascer, a injustiça acompanha-nos até morrer!

    Martin Guia


    16ª PONTE – ENTRE SORIA E ZARAGOZA, SO-20, N-122

    (00135) Piso

    (00121) Piso

    (00134) Montante

    (00132) Jusante





    Só descobri que tinha mãos quando deixei de fumar!

    Martin Guia


    17ª PONTE EM SORIA, N-234

    (09062) Piso

    (09063) Piso

    (09064) Montante

    (09067) Jusante (1ª via)

    (09069) Ilha a Jusante

    (09072) Ilha a Jusante

    (09070) Jusante (2ª via)





    Não há coisa mais bonita do que uma mulher bonita, ou mesmo feia!

    Martin Guia


    18ª PONTES – NO PARQUE RECREATIVO – EM SORIA

    PONTE A

    (09075) Tabuleiro

    (09076) Piso

    (09077) Montante

    (09078) Montante

    (09079) Jusante


    PONTE B

    (09087) Tabuleiro

    (09088) Piso

    (09089) Montante

    (09090) Jusante


    PONTE C

    (09091) Piso

    (09092) Montante

    (09093) Jusante


    PONTE D

    (09094) Piso

    (09095) Montante

    (09096) Jusante


    PONTE E

    (09099) Piso

    (09097) Montante e Jusante

    (09098) Jusante (ao fundo Ponte CF)


    PONTE F

    (C9100) Piso

    (C9101) Montante

    (C9103) Jusante





    Há quem defina consciência como sendo a perceção da existência,
    eu acrescentaria que foi a consciência que inventou a porcaria!

    Martin Guia


    19ª PONTE – PARA PEÕES – ERMITA DE SAN SATURIO – ENTRE SORIA E LOS RÁBANOS, A-15

    (09392) Piso

    (09393) Montante

    (09395) Jusante





    Dogma é um teorema que não chegou a teorema porque no caminho perdeu a razão!

    Martin Guia


    20ª EMBALSE DE LOS RÁBANOS (CENTRAL HIDROELÉTRICA) – ENTRE LOS RÁBANOS E TARDAJOS DE DUERO, N-111, SO-P-3001

    (C9988) Tabuleiro

    (C9995) Piso

    (C9996) Piso

    (C9997) Montante

    (C0002) Montante

    (C0003) Montante

    (C9998) Jusante

    (C9999) Jusante

    (C0001) Jusante

    (C0006) Jusante





    Sou o dono de televisão e vou fazer de ti um ladrão! Desde pequenino mostro-te só as histórias em que ganha sempre o mau e em que o bom leva com um pau!

    Martin Guia


    21ª PONTE – ENTRE TARDAJOS DE DUERO E RIBARROYA, SO-P-3227

    (09421) Piso

    (09422) Montante

    (09423) Montante

    (09424) Jusante





    Portugal e Espanha:
    o olá é de cá e o olé é de lá, o que há é de lá e o que não há é de cá!

    Martin Guia


    22ª PONTE – ENTRE CUBO DE LA SOLANA E ALMARAIL, SO-P-3001

    (C9456) Piso

    (C9451) Piso

    (C9452) Montante

    (C9454) Jusante

    (C9455) Jusante





    Se na maldade a realidade é mais imaginativa do que a imaginação
    por que razão na bondade a imaginação é mais imaginativa do que a realidade?

    Martin Guia


    23ª PONTE – ENTRE SORIA E ALMAZÁN, A-15, KM 42

    (40762) Piso

    (40766) Piso

    (40769) Montante

    (40770) Montante

    (40774) Jusante

    (40775) Jusante





    Marinheiros sem marinha, vinhateiros sem vinha, agricultores sem agricultura,
    eruditos sem cultura, desgraça que se adivinha nesta Pátria que definha!

    Martin Guia


    24ª PONTE – EM ALMAZÁN – ENTRE N-111 E A-15

    (09469) Entrada para os Pisos da 24ª Ponte, N-111, A-15 e 25ª Ponte, Ponte para Peões

    (09488) Piso

    (09496) Montante 1º Canal

    (09490) Montante 2º Canal

    (09498) Jusante 1º Canal

    (09492) Jusante 2º Canal





    Sou um humanista que só adora o divino quando o divino respeita o humanismo!

    Martin Guia


    25ª PONTE – PARA PEÕES EM ALMAZÁN – ENTRE N-111 E A-15

    (09469) Entrada para os Pisos da 24ª Ponte, N-111, A-15 e 25ª Ponte, Ponte para Peões

    (09487) Piso

    (09471) Piso

    (09472) Montante 1º Canal

    (09476) Montante 2º Canal

    (09485) Jusante 1º Canal

    (09478) Jusante 2º Canal

    (09482) Intervalo a Jusante entre os dois Canais





    É a chuva que move a azenha e que molha a lenha que o machado corta,
    mas que importa o que digo se já não há trigo?

    Martin Guia


    26ª PONTE – PARA PEÕES EM ALMAZÁN, A JUSANTE DA 25ª PONTE

    (C9510) Piso

    (C9512) Montante

    (C9515) Jusante





    Segredo, segredo não tenhas medo de ser só segredo,
    quer queiras, quer não, és sempre tentação!

    Martin Guia


    27ª PONTE – ENTRE EL ANDALUZ E BERLANGA DE DUERO, SO-100

    (C9524) Piso

    (C9526) Montante

    (C9528) Jusante





    És tão mau que o teu maior castigo é teres de viver contigo!

    Martin Guia


    28ª PONTE – ENTRE HORTEZUELA E QUINTANAS DE GORMAZ, CL-116

    (C9544) Piso

    (C9546) Montante

    (C9548) Jusante

    (C9549) Jusante





    Desde o dia em que te vi, mais tempo estou contigo, mais o tempo fica amigo e eu com saudades de ti!

    Martin Guia


    29ª PONTE – ANTIGA – A JUSANTE DA 28ª PONTE – ENTRE HORTEZUELA E QUINTANAS DE GORMAZ, CL-116

    (C9550) Piso

    (C9552) Montante

    (C9554) Jusante





    Que tarde de amor bendita a que teve a doce dita de começar com a alvorada e acabar de madrugada!

    Martin Guia


    30ª PONTE – ENTRE QUINTANAS DE GORMAZ E RECUERDA, SO-160

    (09576) Piso

    (09571) Montante

    (09574) Jusante





    Afinal já sei quem sou, de tanto me encobrir já deixara de sentir,
    tive-te e já me dou, afinal já sei quem sou!

    Martin Guia


    31ª PONTE – ROMANA – A JUSANTE DA 30ª PONTE, SO-P-4126

    (00241) Piso

    (00240) Piso

    (00242) Montante

    (00243) Montante

    (00244) Montante

    (00247) Jusante

    (00248) Jusante

    (00249) Jusante





    Tudo o que Deus não quis porque o fazia infeliz deixou ficar na Terra,
    por exemplo, Adão, Eva e a Guerra!

    Martin Guia


    32ª PONTE – ENTRE LA RASA E NAVAPALOS, SO-P-4123

    (09638) Piso

    (09640) Montante

    (09642) Jusante





    Queria estar só, mas pobre de mim não consigo,
    continuo todos os dias a falar comigo!

    Martin Guia


    33ª PONTE – PARA PEÕES – EM SAN ESTEBAN DE GORMAZ, CANAL PARA FABRICA DE FARINHA, N-110

    (C9660) Tabuleiro

    (C9661) Piso

    (C9663) Montante

    (C9665) Jusante

    (C9666) Jusante





    Quando eu morrer vou fazer-me muita falta!

    Martin Guia


    34ª PONTE – EM SAN ESTEBAN DE GORMAZ, N-110

    (09668) Piso

    (09673) Piso

    (09680) Piso

    (09681) Piso

    (09669) Montante 1º Canal

    (09670) Montante 1º Canal

    (09671) Jusante 1º Canal

    (09672) Jusante 1º Canal

    (09674) Montante 2º Canal

    (09675) Montante 2º Canal

    (09676) Jusante 2º Canal

    (09678) Jusante 2º Canal (do lado direito junta-se-lhe o 1º Canal)





    Não sei se é magia, ou arte, mas quando ao abraçar-te me despedi,
    sentia já saudades de abraçar-te por não viver abraçado a ti!

    Martin Guia


    35ª PONTE – ENTRE SOTO DE SAN ESTEBÁN E LANGA DE DUERO, SO-P-4009

    (09698) Tabuleiro

    (09700) Piso

    (09697) Piso

    (09701) Montante

    (09702) Montante

    (09703) Jusante

    (09704) Jusante





    Faço poesia quando me apetece, perdão, não sou eu que a faço, ela é que me aparece!

    Martin Guia


    36ª PONTE – ENTRE N122 E LA VID, MONASTERIO, BU-923

    (C9717) Piso

    (C9721) Montante

    (C9723) Jusante





    Não me escondo, nem te minto, sempre que não estavas sentia que me faltavas,
    mas, vendo-te tão indiferente, é isso que agora sinto sempre que estás presente!

    Martin Guia


    37ª PONTE – ENTRE LA VID, MONASTERIO E VADOCONDES, N-122

    (09760) Piso

    (09761) Piso

    (09728) Montante (avista-se Monasterio de La Vid)

    (09763) Montante

    (09758) Jusante





    Fatalismo é o comodismo de se viver no prolongamento
    do que já foi para o que vai ser!

    Martin Guia


    38ª PONTE – EM VADOCONDES – ENTRE SAN JUAN DEL MONTE E SANTA CRUZ DE LA SALCEDA, BU-930

    (09747) Piso

    (09825) Piso

    (09749) Montante

    (09752) Jusante (ao fundo Ponte CF)

    (09831) Jusante





    Em síntese, são o cábula e a cábula que geram a síntese!

    Martin Guia


    39ª PONTE – EM ARANDA DE DUERO – PUENTE CLARET – PARA SORIA

    (08998) Piso

    (08999) Montante

    (09002) Jusante





    Tenho que usar toda a minha força de vontade para abafar a saudade que já tenho de ti
    e, meu amor, ainda hoje te vi!

    Martin Guia


    40ª PONTE – EM ARANDA DE DUERO – PUENTE MAYOR – PARA MADRID

    (09004) Piso

    (09005) Montante

    (09007) Jusante

    (09008) Jusante (avista-se a Ponte para Peões vermelha)





    A minha felicidade passa pela felicidade de fazer-te feliz!

    Martin Guia


    41ª PONTE – EM ARANDA DE DUERO – PONTE PARA PEÕES – VERMELHA

    (09017) Tabuleiro

    (09018) Piso

    (09019) Montante (avista-se a 40ª Ponte – Carretera para Madrid)

    (09022) Jusante (avista-se a Ponte CF)





    A maior felicidade é a de termos a capacidade de sermos felizes
    com a felicidade dos outros!

    Martin Guia


    42ª PONTE – EM ARANDA DE DUERO, A-1 – E-5

    (09035) Piso

    (09039) Montante (avista-se Ponte CF)

    (09036) Jusante





    Só quando te ausentes é que fico triste porque me apercebo que o tempo existe!

    Martin Guia


    43ª PONTE – ENTRE BERLANGAS DE ROA E ROA DE DUERO, BU-130

    (09873) Piso

    (09870) Montante

    (09871) Montante

    (09874) Jusante

    (09876) Jusante





    Finjam que eu já morri e digam que sou um bom poeta. Nem assim? Paciência!

    Martin Guia


    44ª PONTE – ENTRE ROA DE DUERO E LA CUEVA DE ROA, BU-122, KM 9

    (09855) Piso

    (09861) Piso

    (09857) Montante

    (09859) Jusante





    Na vida e na morte a primeira sensação é de frio
    mesmo se não nascermos no Inverno e formos parar ao Inferno!

    Martin Guia


    45ª PONTE – ENTRE NAVA DE ROA E SAN MARTÍN DE RUBIALES, BU-131

    (09886) Piso

    (09887) Piso

    (09888) Montante

    (09891) Jusante

    (09902) Jusante

    (09893) Jusante

    (09898) Jusante

    (09895) Jusante

    (09894) Jusante





    Foi na experiência do passado que construi o meu futuro,
    mas, no passado acabado, o futuro foi só passado do passado sem futuro!

    Martin Guia


    46ª PONTE – ROMANA – ENTRE PEÑAFIEL E PESQUERA DE DUERO, JUNTO À 47ª PONTE EM ÂNGULO COM VA-101

    (09928) Tabuleiro

    (09930) Piso

    (09932) Montante

    (09933) Montante

    (09934) Jusante





    Era tão nova que só ainda existia em futurologia!

    Martin Guia


    47ª PONTE – ENTRE PEÑAFIEL E PESQUERA DE DUERO, VA-101

    (09918) Piso

    (09919) Piso

    (09920) Montante

    (09923) Jusante

    (09924) Jusante





    Génio, bom génio, mau génio e, principalmente, vaidoso como sou, eu… génio!

    Martin Guia


    48ª PONTE – ENTRE OLIVARES DE DUERO E QUINTANILLA DE ONÉSIMO, VA-104

    (09982) Tabuleiro

    (09972) Piso

    (09979) Piso

    (09974) Montante

    (09975) Montante

    (09976) Montante

    (09980) Jusante

    (09981) Jusante

    (09983) Placa: Puente Renacentista de Olivares de Duero





    Sou desastrado tanto quanto basta para ninguém me maçar com coisas para reparar!

    Martin Guia


    49ª PONTE – ENTRE SARDÓN DE DUERO E VALLADOLID, A-11, KM 46, N-122

    (09997) Piso

    (00002) Piso

    (09998) Montante

    (00003) Jusante





    Quero ser a gota de água que, na minha terra, somada ao rio faz a enxurrada
    que afasta toda a merda já sedimentada!

    Martin Guia


    50ª PONTE – EM TUDELA DE DUERO – ENTRE VALLADOLID E HERRERA DE DUERO, VP-2302

    (00008) Piso

    (00009) Piso

    (00010) Montante

    (00013) Jusante





    Há mulheres que me fazem ver grego… as gregas!

    Martin Guia


    51ª PONTE – ENTRE HERRERA DE DUERO E VALLADOLID, CL-601, KM 11

    (00367) Piso

    (00368) Piso

    (00369) Montante

    (00370) Montante

    (00372) Jusante

    (00373) Jusante





    Hipocondríaco é um maníaco que quando alguém, ao pé dele, tem uma doença fica logo com ela!
    Isto seria ótimo se o outro não continuasse com a mazela!

    Martin Guia


    52ª PONTE – ENTRE HERRERA DE DUERO E VALLADOLID, A-601

    (00033) Piso

    (00045) Montante

    (00034) Jusante





    Ao hipocondríaco nunca digas hoje está com bom aspeto sem meter de permeio um desculpe se o chateio!

    Martin Guia


    53ª PONTE – ENTRE LAGUNA DE DUERO E BOECILLO, N-601

    (00393) Piso

    (00390) Piso

    (00391) Montante

    (00392) Montante

    (00395) Jusante

    (00396) Jusante





    O homem e a cultura estragaram o faro e o instinto!

    Martin Guia


    54ª PONTE – ENTRE LAGUNA DE DUERO E BOECILLO – A JUSANTE DA 53ª PONTE (VIA DE SERVICIO)

    (00068) Piso

    (00399) Piso

    (00071) Montante

    (00401) Montante

    (00073) Jusante





    Agora que me proclamo de bons costumes e sem amo, tenho saudade
    da minha humildade quando ainda pensava que não prestava!

    Martin Guia


    55ª PONTE – ENTRE VIANA DE CEGA E PUENTE DUERO, VALLADOLID, CL-610

    (00092) Piso

    (00093) Montante

    (00096) Jusante





    Linda será a idade em que, discreto, viverei mais a sensação do que o concreto!

    Martin Guia


    56ª PONTE – EM PUENTE DUERO – ENTRE VIANA DE CEGA E VALLADOLID, CL-610

    (08929) Tabuleiro

    (08947) Tabuleiro

    (08930) Piso

    (08937) Piso

    (08935) Montante, 1º Canal

    (08945) Jusante, 1º Canal

    (08943) Intervalo entre Canais

    (08938) Montante, 2º Canal

    (08941) Jusante, 2º Canal





    Cheguei à idade em que não há trabalho que me dê prazer
    e em que ter prazer dá-me sempre muito trabalho!

    Martin Guia


    57ª PONTE – EM TORDESILLAS, A-6 PARA MADRID

    (C8878) Tabuleiro

    (C8881) Piso

    (C8882) Montante

    (C8884) Jusante





    Se queres viver a Ilusão nunca tentes explicar o que não tem explicação!

    Martin Guia


    58ª PONTE – EM TORDESILLAS, A-62 – E-80

    (C8888) Piso

    (C8893) Montante

    (C8894) Montante

    (C8891) Jusante





    Dizem que sou imaginativo, mas em boa verdade, só descrevo a realidade!

    Martin Guia


    59ª EMBALSE DE CASTRONUÑO – ENTRE CASTRONUÑO, CL-602 E SAN ROMÁN DE HORNIJA, VP-7703

    (00123) Piso

    (00120) Montante

    (00129) Montante

    (00130) Jusante





    Se um dia me tornar abúlico, ou indiferente, que venha logo
    uma dor para ficar diferente!

    Martin Guia


    60ª PONTE – ENTRE TORO E PELEAGONZALO, ZA-633

    (08722) Piso

    (08723) Montante

    (08727) Jusante





    Abençoada Inércia que me fazes continuar a trilhar a estrada que acabou
    e a acreditar que ainda sou aquilo que já não sou!

    Martin Guia


    61ª PONTE – EM TORO – PONTE ROMANA

    (08710) Piso

    (08711) Piso

    (08712) Montante

    (08714) Jusante

    (08718) Jusante

    (08719) Jusante





    Por ser mais inteligente… não vou mostrar-me inteligente!
    Por favor, acredita que sou estúpido!

    Martin Guia


    62ª PONTE – EM TORO, CL-602

    (00436) Piso

    (00437) Piso

    (00438) Montante

    (00439) Montante

    (00441) Jusante

    (00442) Jusante





    Morreu, já sofreu o que tinha para sofrer, agora somos só nós a padecer!

    Martin Guia


    63ª PONTE – ENTRE MONTE DE LA REINA E VILLALAZÁN, ZA-P-2102

    (08746) Piso

    (08748) Montante

    (08751) Jusante





    Já não és o meu bom dia, passaste a agonia de uma vida vazia!

    Martin Guia


    64ª PONTE – EM ZAMORA NA A-66 – ENTRE A-11 – E-82 E MORALES DEL VINO, A-66

    (C8776) Piso

    (C8779) Piso

    (C8777) Montante

    (C8780) Jusante





    Se a deixarmos sozinha, o que corrói a Liberdade é a própria Liberdade!

    Martin Guia


    65ª PONTE – EM ZAMORA – PUENTE DE LOS TRES ARBÓLES, N-630, KM-278

    (00486) Piso

    (00492) Piso

    (00491) Cartaz

    (00489) Montante

    (00493) Jusante

    (00494) Jusante





    Já foram Luso-Galaicos, mas pela forma como giram as rocas e rodopiam os fusos
    já estão a passar a Galaico-Lusos!

    Martin Guia


    66ª PONTE – EM ZAMORA – ENTRE ZAMORA E MORALEJA DEL VINO, ZA-610

    (08821) Piso

    (08799) Piso

    (08801) Montante (avista-se Ponte CF)

    (08802) Montante (avista-se Ponte CF)

    (08827) Jusante

    (08828) Jusante

    (08830) Jusante





    Mateus V, 44: “Amai os vossos inimigos!” Pois! E depois?

    Martin Guia


    67ª PONTE – EM ZAMORA – PUENTE DE PIEDRA (ROMANA) – ENTRE ZAMORA E FERMOSELLE, CL-527

    (08831) Tabuleiro

    (08808) Tabuleiro

    (00514) Tabuleiro

    (00499) Tabuleiro

    (08810) Tabuleiro e Piso

    (08811) Piso

    (00504) Montante

    (00505) Montante

    (08812) Montante

    (08813) Montante

    (08815) Jusante (avista-se Ponte da N-122, inacabada)

    (00510) Jusante (avista-se Ponte da N-122, acabada)





    A exemplo da tua, na vida de um matraquilho existe sempre uma árvore!

    Martin Guia


    68ª PONTE – EM ZAMORA – ENTRE ZAMORA E ALCAÑICES, N-122

    (00517) Tabuleiro

    (00516) Tabuleiro

    (00521) Piso

    (00524) Montante

    (00536) Montante

    (00525) Montante

    (00527) Jusante

    (00528) Jusante

    (00529) Jusante

    (00533) Jusante





    Sendo a metáfora a parábola dos ateus, diria que o diálogo com Deus
    não tem fim, nem prólogo, divide-se em dois monólogos!

    Martin Guia


    69ª EMBALSE DE SAN ROMÁN – EM SAN ROMÁN DE LOS INFANTES, ZA-L-2210

    (00550) Entrada para Embalse e Central

    (00556) Central

    (00558) Embalse

    (00561) Embalse

    (00562) Montante

    (00563) Montante

    (00572) Jusante

    (00573) Jusante

    (00575) Jusante





    Meu irmão, dá aos outros a liberdade de serem como são
    para que, todo nu, tenhas a liberdade de seres tu!

    Martin Guia


    70ª EMBALSE DE VILLALCAMPO – ENTRE VILLALCAMPO E MIRANDA DO DOURO, CL-529, ZA-324

    (08787) Embalse visto a partir de Jusante

    (08788) Embalse visto a partir de Jusante

    (08790) Piso

    (08791) Piso

    (08792) Montante

    (08795) Jusante





    Tu, que és Ministro de Deus, não ameaces, nem castigues… como fazem os ateus!

    Martin Guia


    71ª PONTE – PUENTE DE REQUEJO – ENTRE PINO DEL ORO E VILLADEPERA, ZA-321

    (00626) Tabuleiro

    (00627) Tabuleiro

    (00628) Tabuleiro

    (00632) Piso

    (00633) Piso

    (00634) Montante

    (00636) Montante

    (00638) Jusante

    (00639) Jusante





    Mito é a designação intelectual que os professores esotéricos dão à mentira!

    Martin Guia


    72ª EMBALSE DE CASTRO – CERCA DE CASTRO DE ALCAÑICES – ENTRE CASTRO DE ALCAÑICES E PARADELA (MIRANDO DO DOURO), ZA-L-2432

    (00666) Vista de Montante

    (00669) Vista de Montante

    (00668) Vista de Montante

    (00672) Piso

    (00673) Piso

    (00674) Montante e Piso

    (00693) Montante e Piso

    (00689) Montante

    (00677) Jusante

    (00681) Jusante

    (00680) Jusante





    Monótona é a vida de quem só faz as coisas que lhe fazem bem!

    Martin Guia


    73ª BARRAGEM DE MIRANDA DO DOURO, N-221, ZA-324

    (08783) Barragem vista de Jusante

    (08774) Piso

    (08782) Piso

    (08773) Montante

    (08775) Montante

    (08779) Jusante





    É a monotonia do dia a dia que faz com que a separação consolide a união!

    Martin Guia


    74ª BARRAGEM DO PICOTE, N-221-6

    (08878) Barragem vista de Montante

    (08880) Barragem vista de Montante

    (08882) Piso

    (08884) Montante

    (08881) Montante

    (08894) Montante

    (08887) Jusante

    (08888) Jusante





    A mulher nasceu sábia… o homem burro e sem a mesma lábia!

    Martin Guia


    75ª BARRAGEM DA BEMPOSTA – ENTRE BEMPOSTA E FERMOSELLE, N-221-7, CL-527

    (08844) Barragem vista de Montante

    (08900) Barragem vista de Jusante

    (08845) Barragem vista de Montante e Piso

    (08849) Montante

    (08851) Jusante

    (08846) Jusante

    (08855) Jusante





    Se leres com atenção tudo o que escrevo ver-me-ás nu!

    Martin Guia


    76ª EMBALSE DE ALDEADÁVILA – JUNTO A ALDEADÁVILA DE LA RIBERA, DAS-560, DAS-580

    (C8930) Mirador del Fraile

    (C8934) Barragem Montante, Piso e Jusante

    (C8940) Montante, Piso e Jusante

    (C8936) Montante





    Não sei se já sabes, que eu sei que tu sabes que eu sei que tu sabes
    que tu sabes que eu sei!

    Martin Guia


    77ª BARRAGEM DE SAUCELLE – ENTRE SAUCELLE E FREIXO-DE-ESPADA-À-CINTA, DAS-590, N-221

    (08967) Barragem vista de Jusante

    (08968) Barragem vista de Jusante

    (08961) Barragem vista de Jusante

    (08950) Piso

    (08954) Piso

    (08955) Montante

    (08957) Jusante

    (08958) Jusante





    Não te preocupes por estares doente, é sinal que estás vivo!

    Martin Guia


    78ª PONTE – ENTRE FREIXO-DE-ESPADA-À-CINTA E BARCA DE ALVA, N-221

    (08972) Tabuleiro

    (08974) Piso

    (08977) Montante

    (08979) Jusante





    O tempo é tão importante que só rima com ele mesmo, ou com palavras que o contenham!

    Martin Guia


    79ª BARRAGEM DO POCINHO – ENTRE TORRE DE MONCORVO E VILA NOVA DE FOZ CÔA, N-102 – IP-2 – E-802, N-220

    (09034) Barragem vista de Montante

    (09037) Piso

    (09042) Montante

    (09046) Jusante





    Se o teu nariz falasse muita coisa contaria
    e, de uma coisa estou certo, o nariz não cresceria!

    Martin Guia


    80ª BARRAGEM DA VALEIRA – ENTRE SÃO JOÃO DA PESQUEIRA E LINHARES, CM-1121

    (09103) Barragem vista de Montante

    (09119) Barragem vista de Montante

    (09106) Piso

    (09120) Montante

    (09108) Jusante

    (09116) Jusante

    (09121) Jusante





    Nasceu livre e são, castrou-o a educação,
    o resto, que ela não cortou, estropiou-se com a vida que lhe foi atribuída!

    Martin Guia


    81ª CONFLUÊNCIA DO RIO TUA COM O RIO DOURO EM FOZ TUA, FOZ TUA-ESTAÇÃO, N-212

    (C9150) Confluência do Rio Tua junto à Ponte de CF; o Rio Tua é a perna do “T”

    (00917) Confluência do Rio Tua junto à Ponte de CF; o Rio Tua é a perna do “T”

    (C9155) Rio Tua a aproximar-se do Rio Douro

    (C9156) Rio Tua a aproximar-se do Rio Douro

    (C9165) Rio Tua na sua Confluência com o Rio Douro





    Nem médicos, nem tratamentos, nem mezinhas, nem unguentos,
    nascer acarreta o dom de com um simples morrer ficar-se logo bom!

    Martin Guia


    82ª PONTE – ENTRE PINHÃO E BATEIRA OU ENCRUZILHADA COM N-323, N-222

    (00987) Piso

    (09194) Piso

    (09195) Montante

    (09196) Montante

    (09198) Jusante

    (00991) Jusante

    (09202) Jusante





    No dia em que Deus adormeceu fez-se noite e o Homem morreu!

    Martin Guia


    83ª BARRAGEM DE PESO DA RÉGUA, N-222, KM 134 (LIGA À N-180)

    (C9214) Barragem vista de Montante

    (C9216) Barragem vista de Montante

    (C9227) Barragem vista de Jusante

    (C9228) Barragem vista de Jusante

    (C9217) Piso

    (C9226) Montante

    (C9223) Jusante

    (01009) Jusante





    No meu altar terás sempre a realidade e a quimera de uma rima acesa à tua espera!

    Martin Guia


    84ª PONTE – ENTRE PESO DA RÉGUA E LAMEGO, A-24 – IP-3 – E-801

    (09231) Tabuleiro

    (09235) Piso

    (09244) Piso

    (09242) Montante

    (09238) Jusante (avistam-se a 80ª Ponte – estrada antiga – para Lamego e a Ponte para Peões)





    Enovelado num calor estranho, que há muito desconhecia,
    amanheci o meu dia com a imensa paz da certeza de ser capaz de ser capaz!

    Martin Guia


    85ª PONTE – ENTRE LAMEGO E PESO DA RÉGUA, N-2

    (C9255) Tabuleiro

    (C9260) Piso

    (C9261) Montante

    (C9270) Montante

    (C9271) Montante

    (C9266) Jusante





    Na Terra que pouco tem, pobre é aquele que pouco tem quando tudo teve,
    e rico é aquele que pouco tem quando nada teve!

    Martin Guia


    86ª PONTE – PARA PEÕES – EM PESO DA RÉGUA

    (C9272) Piso

    (C9273) Piso

    (C9275) Montante (avistam-se Ponte Estrada Antiga para Lamego e Ponte da A24 – IP3)

    (C9278) Jusante

    (C9280) Jusante





    Que a tua fé seja como a daquele que na hora da Partida crê ainda não ser tarde
    sem saber já para quê!

    Martin Guia


    87ª PONTE – ENTRE RESENDE E SANTA MARINHA DO ZÊZERE – PONTE DA ERMIDA – (ENTRE N-222 E N-108), N-222-2

    (C9376) Tabuleiro

    (C9361) Piso

    (C9364) Montante

    (C9366) Jusante





    O amor veio e já está de saída, a sorte veio e já está de saída,
    a saúde veio e já está de saída, a vida veio e já está de saída,
    mas o pior de tudo é que sinto que acabo de chegar!

    Martin Guia


    88ª PONTE – ENTRE PALA E PORTO ANTIGO – (ENTRE N-108 E N-321), N-211

    (09402) Tabuleiro

    (01059) Tabuleiro

    (09406) Piso

    (09407) Montante

    (09411) Jusante





    Quanto mais dou, mais Deus me dá! Vou dar tudo!

    Martin Guia


    89ª BARRAGEM DE CARRAPATELO – ENTRE CINFÃES E SANDE – (ENTRE N-321 E N-108)

    (09438) Tabuleiro, Montante e Jusante

    (09439) Tabuleiro, Montante e Jusante

    (09441) Piso

    (09444) Montante

    (09443) Montante

    (09449) Montante

    (09446) Jusante

    (09450) Jusante

    (09451) Jusante





    O deus do filho que deus me deu e que logo levou para o céu disse-me que o seu céu
    tinha ficado mais rico… triste deus omnipotente… querias que eu ficasse contente?
    Vai-te lixar mas não fico!

    Martin Guia


    90ª CONFLUÊNCIA DO RIO TÂMEGA COM O RIO DOURO – EM ENTRE-OS-RIOS, N-108

    (C9494) Rio Douro provindo de Montante

    (C9493) Rio Douro provindo de Montante (pela esquerda, após o Cais, apresenta-se o Rio Tâmega

    (09525) Confluência do Rio Tâmega com o Rio Douro; o Rio Tâmega apresenta-se na perpendicular

    (C9490) Confluência do Rio Tâmega com o Rio Douro, apresentando-se o 1º pela esquerda.





    O maracujá cresce mais depressa do que a hera e a hera ainda mais depressa do que o
    jacinto, mas o pior que há é que ao entrar na minha era eu já sinto que sou maracujá!

    Martin Guia


    91ª PONTE – ENTRE ENTRE-OS-RIOS E CASTELO DE PAIVA (PONTE GRANDE), VARIANTE DA IC-33

    (09536) Piso

    (09525) Montante (Rio Tâmega ao fundo e Rio Douro à direita)

    (09526) Montante (Rio Douro)

    (09533) Jusante (Ponte Hintze Ribeiro)





    O meu bar serve cafés, coca-colas, laranjadas, carapinhadas, bebidas doces das mais
    requintadas, cognac, licor, mas serve, sobretudo, para dar de beber à dor!

    Martin Guia


    92ª PONTE – HINTZE RIBEIRO – ENTRE ENTRE-OS-RIOS E CASTELO DE PAIVA, N-224, N-108

    (09504) Piso

    (09507) Montante

    (09508) Montante

    (09510) Montante

    (09512) Montante

    (09513) Montante (ao fundo Rio Tâmega à esquerda e Rio Douro à direita)

    (09516) Jusante

    (09523) Estátua dedicada aos Mortos e Desaparecidos a Ponte Hintze Ribeiro que ruiu





    O meu Estado tem um ar desgraçado
    por estar sempre a ser adiado para um futuro já passado!

    Martin Guia


    93ª BARRAGEM DE CRESTUMA – ENTRE CRESTUMA E GONDOMAR (ENTRE N-225 E N-108)

    (09549) Barragem vista de Montante

    (09551) Barragem vista de Montante

    (09550) Barragem vista de Montante

    (09553) Piso

    (09556) Montante

    (09566) Barragem vista de Jusante

    (09567) Barragem vista de Jusante

    (09560) Jusante





    O meu valor é o valor dos amigos que tenho
    e o meu capital a recordação que lhes deixar ficar!

    Martin Guia


    94ª PONTE – NO PORTO – PONTE DO FREIXO – A-4 – IP-4 E A-1 – IP-1

    (03580) Tabuleiro

    (03581) Tabuleiro

    (03579) Tabuleiro

    (01142) Piso

    (01136) Piso

    (01137) Montante

    (01138) Montante

    (01139) Montante

    (01143) Jusante

    (01144) Jusante

    (01146) Jusante





    O nada, o amor, o sol, a lua, o varrer do tempo, a dor, o vento, o frio, a rua,
    o fim da amizade e a impiedosa saudade!

    Martin Guia


    95ª PONTE – NO PORTO – PONTE DO INFANTE – ENTRE PORTO E VILA NOVA DE GAIA

    (03571) Tabuleiro

    (03570) Tabuleiro

    (03572) Tabuleiro

    (09742) Tabuleiro visto de Montante

    (09762) Tabuleiro visto de Jusante (avista-se a Ponte Eiffel de CF e por detrás a Ponte Nova de CF)

    (09793) Piso

    (09795) Montante

    (09796) Montante (avista-se Ponte Eiffel de CF e por detrás, meia escondida a Ponte Nova de CF)

    (09800) Jusante (avista-se a Ponte Dom Luiz)

    (09801) Jusante (avista-se a Ponte Dom Luiz)





    A minha alma tem ouvido, mas só quando lhe convém…
    … só ouve, de tudo o que é ruído, palavras para teu bem!

    Martin Guia


    96ª PONTE – NO PORTO – PONTE DOM LUIZ I – ENTRE PORTO E VILA NOVA DE GAIA

    (09709) Tabuleiros (Superior e Inferior)

    (09647) Ponte vista de Montante

    (09654) Ponte vista de Jusante

    (09711) Tabuleiro Superior

    (09730) Tabuleiro Superior

    (09717) Vista do Tabuleiro Superior para Montante

    (09732) Vista do Tabuleiro Superior para Jusante

    (09733) Vista do Tabuleiro Superior para Jusante

    (09734) Vista do Tabuleiro Superior para Jusante

    (09735) Vista do Tabuleiro Superior para Jusante (avista-se a Ponte da Arrábida)

    (09657) Entrada para o Tabuleiro Inferior

    (09658) Tabuleiro Inferior

    (09660) Tabuleiro Inferior

    (09661) Vista do Tabuleiro Inferior para Montante (avista-se Ponte do Infante)

    (09665) Vista do Tabuleiro Inferior para Jusante

    (09666) Vista do Tabuleiro Inferior para Jusante





    O que é… é só aquilo que já foi!

    Martin Guia


    97ª PONTE – NO PORTO – PONTE DA ARRÁBIDA – ENTRE PORTO E VILA NOVA DE GAIA, A-1 – IP-1

    (09735) Tabuleiro

    (01148) Tabuleiro

    (01149) Tabuleiro

    (01128) Piso

    (01113) Piso

    (01089) Piso

    (01092) Montante

    (01099) Montante

    (01101) Montante

    (01093) Montante

    (01095) Montante

    (01117) Jusante

    (01118) Jusante

    (01119) Jusante

    (01120) Jusante

    (01121) Jusante

    (01131) Acesso ao Tabuleiro (Montante)

    (01130) Acesso ao Tabuleiro (Jusante)





    O riso que a gente sente pode ser de pouco siso, ou então de ingenuidade,
    mas muito provavelmente tem mais a ver com idade!

    Martin Guia


    98Aª FOZ DO RIO DOURO – MARGEM NORTE

    (03500) Foz vista da Margem Norte

    (03507) Farol lateral

    (03510) Fim do Molhe

    (03515) Fim do Molhe

    (03527) Foz e Molho Sul vistos da Margem Norte

    (03538) Molho Sul

    (03542) Molho Sul

    (03552) Foz vista da Margem Norte

    (03522) O autor na Linha da Foz, Molhe Norte

    (03523) O autor na Foz no Molhe Norte





    Na vida, e em boa verdade, tenho que agradecer a Deus esta terceira metade!

    Martin Guia


    98Bª FOZ DO RIO DOURO – MARGEM SUL

    (03945) Vista da Foz Margem Sul para a Margem Norte

    (03944) Vista da Foz Margem Sul para a Margem Norte

    (03948) Vista da Foz Margem Sul para a Margem Norte

    (03949) Vista da Foz Margem Sul para a Margem Norte

    (03963) Molhe isolado na Margem Sul (o Douro desagua por detrás dele)

    (01161) Aproximação à Foz pela Margem Sul

    (01159) Aproximação à Foz pela Margem Sul

    (01158) Vista da Foz a partir da Margem Sul





    Para não perder a razão que me largue a obsessão,
    senão cheio de razão fico sem nenhuma razão!

    Martin Guia


    98Cª FOZ DO RIO DOURO – CONJUNTO

    (01122) Foz vista da Ponte da Arrábida

    (01123) Foz vista da Ponte da Arrábida

    (01126) Foz vista da Ponte da Arrábida

    (01127) Foz vista da Ponte da Arrábida





    O ódio ao respirar sufoca o ar!

    Martin Guia


    99ª EXTRAS – NO PORTO – PONTES DE CAMINHO DE FERRO

    (03555)

    (03558)

    (03559)

    (03560)

    (03563)

    (03582)

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.