LAMEGO

  • LAMEGO
    (0082)
    Localização
    Localização Portugal
    Lamego
    Região Norte
    Sub-região do Douro
    Distrito de Viseu

    Latitude: 41.100887; Longitude: -7.809983
    Altitude: 526 metros.

    Área 165,39 Km2
    Habitantes 26 691
    Clima Marítimo de transição.
    Estradas A-24 – IP-3 – E-801, N-2, N-226
    Habitação
    Médio Custo

    Hotel do Parque
    Parque de Nossa Senhora dos Remédios
    5100-025 Lamego
    Telef: (351) 254 609 203

    Hotel Lamego
    Quinta da Vista Alegre
    5100-758 Lamego
    Telef: (351) 254 656 180

    Onde Comer

    Adega Matos
    Rua Trás da Sé, 52
    5100-169 Lamego
    Telef: (351) 254 612 967

    Casa Filipe
    Rua Virgílio Correia, 58
    5100-169 Lamego
    Telef: (351) 254 612 428

    Especialidades Gastronómicas
    Cabrito com batatas assadas, arroz de salpicão, coelho assado no forno, trutas de escabeche, milhos com carne de vinha e alho, presunto, broa de milho, bôla.
    Detalhes
    Na zona de Lamego habitaram Ligures e Túrdulos que juntos aos Íberos criaram os Lusitanos, tendo sido habitada, também, no tempo do império romano, pelos Colairnos.
    Lamego teria um castro sobre o qual teria sido edificado um castelo que foi destruído pelos romanos, tendo as populações descido para locais mais baixos e adquirido parte da cultura romana.
    Com a conversão ao cristianismo do rei visigodo Recaredo I, a zona de Lamego adotou essa fé e já no Concílio de Lugo em 570 foi mencionada a presença de Sardinário como Bispo de Lamego.
    Após a invasão árabe do século VIII, Lamego mudou diversas vezes de mãos até ter sido conquistada definitivamente para o campo cristão por Fernando Magno de Leão em 29 de novembro de 1057.
    No dealbar da nacionalidade portuguesa, o aio de D. Afonso Henriques, Egas Moniz, tinha a Tenência de Lamego e de outras terras, e residia em Britande.
    Em 1191 D. Sancho I concedeu a Lamego a Carta de Couto e em 1290 D. Dinis outorgou-lhe a Carta de Feira.
    A posição geográfica de Lamego, numa encruzilhada das rotas mais procuradas no século XV, fê-la adestrar-se na prática do comércio e prosperar muito.
    Com a saída dos árabes da Península Ibérica e com as Descobertas Portuguesas o potencial comercial de Lamego enfraqueceu e D. Manuel I outorgou-lhe um novo foral em 1514.
    Nos séculos XVII e XVIII a situação de Lamego voltou a incrementar devido à importância que tomou o Vinho do Porto, à criação da Região Demarcada do Douro e à Companhia Geral de Agricultura das Vinhas do Alto Douro, obra do Marquês de Pombal, assistindo-se também, na época, à construção de diversos solares. Em 1835 Lamego foi capital de Distrito que perdeu mais tarde para Viseu.
    A base da economia atual de Lamego continua a ser a vitivinicultura, aliada a pequenas unidades industriais e à exploração turística, que a abertura da A-24 irá incrementar.

    Câmara Municipal de Lamego
    Telef: (351) 254 609 600
    municipiolamego@outlook.pt

    Locais a Visitar
    Sé Catedral, Basílica de São Pedro Balsemão, Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, Castelo, Relógio de Sol, Igreja de São Francisco, Chafariz dos Remédios, Cruz Monolítica.
    Festas
    Semana Santa
    3 de maio Feira de Santa Cruz
    Fim de junho Feira da Bôla
    Julho Feira Medieval
    Fim de agosto a meados de setembro Festas em honra de Nossa Senhora dos Remédios
    Fotos

    (9295)


    (9297)


    (9320)


    (9322)


    (9323)


    (9332)


    (9335)


    (9342)


    (0084)


    (0083)


    (0086)


    (9340)


    (9301)


    (9313)


    (9321)


    (9337)


    (9325)


    (9328)


    (0089)


    (9294)


    (9343)


Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.