RIO LIMA

  • RIO LIMA OU LIMIA


    O Rio Lima ou Limia nasce a 975 metros de altitude na Sierra de San Mamed, Monte Talariño, Paradiña, Vilariño, Xinzo de Limia, Província de Ourense, Espanha, na estrada OU-113, KM 33,5, percorrendo 68 kms em Espanha e 41 kms em Portugal num total de 109 kms para atingir a sua Foz e desaguar no Oceano Atlântico em Viana do Castelo.

    No entanto, esta versão surge mais firme após a drenagem da Lagoa de Antela ocorrida nos anos 40 e 50 do Século XX, que transformou esta Lagoa pantanosa em terrenos para cultivo.

    A Nascente do Rio Límia ou Lima encontra-se somente a 2 quilómetros de distancia da Nascente do Rio Támega ou Tâmega, que se localiza também junto à estrada OU-113, KM 31,5, a primeira do lado esquerda e a segunda no lado direito da estrada no sentido de Albergueria para Vilar de Barrio.

    É curioso verificar que dois Mapas Michelin de escalas diferentes apontam percursos e origens também diferentes para o Rio Lima. O primeiro, ANO 2011, ESCALA 1/1.000.000, fá-lo passar por Xinzo de Limia e o segundo, ANO 2011, ESCALA 1/350.000, situa-o bastante a Oeste e Norte desta localidade.

    Na realidade, a água continua ainda a escorrer a partir das suas origens mais remotas, sobretudo no Inverno, por uma via denominada por alguns CANAL DEL LIMIA que conflui com o RIO LIMIA que, proveniente da sua Nascente em VILARIÑO, se dirige para XINZO DE LIMIA e que neste último percurso é atravessado pelas 1ª a 15ª Pontes, sendo a 15ª a última de XINZO DE LIMIA.

    A Confluência ocorre a alguns quilómetros a Oeste desta cidade.

    Para se lhe chegar são necessários alguns quilómetros de picada dura, que valem a pena percorrer dada a beleza da paisagem do local da Confluência do RIO LIMIA com o CANAL DEL LIMIA.

    Na Antiguidade teria sido designado por Limea, devido à suas margens pantanosas, Belion, designação em que Estrabão o associava aos Lusitanos que teriam o nome de Belitanos, e Lethes ou Oblívio, Lethes equivalente em latim ao grego Oblívio, que seria o rio que escorria no Inferno e faria esquecer aos penitentes tanto as suas vidas passadas como as dores que estariam a sofrer.

    Fazendo uma amálgama-resumo das Lendas existentes diremos, então:

    Reza a Lenda que guerreiros Celtas durante uma incursão às terras do Limea, ao atravessá-lo, perderam o seu chefe e a memória das suas origens, pelo que o rio passou a ser chamado de Lethes ou Oblívio, ou seja, Rio do Esquecimento.

    Deste facto ter-se-iam aproveitado os Lusitanos (ou Belitanos, habitantes das regiões pantanosas ou lamacentas do Rio Belion, atual Rio Lima) para em 138 a.C. atemorizarem as legiões invasoras do General Romano Decimus Junus Brutus.

    Teria sido espalhada a Lenda, e por que não dizer convicção, de que quem ousasse atravessá-lo esqueceria a pátria, a família e, até o nome.

    Teria também acontecido que, perante tal ameaça, as tropas de Decimus Junus Brutus se recusaram a atravessar o rio.

    O General, que se atendermos à sua capacidade de desenrascanço mais parecia Lusitano do que Romano, procurou um vau, apeou-se da montada, cobriu-se com o seu escudo, arregaçou o saiote … e aí vai ele sozinho para a outra margem.

    Lá chegado, pôs-se a chamar cada legionário pelo seu nome, demonstrando, assim, a incongruência da Lenda.

    As tropas obviamente atravessaram o rio e como daí para diante ninguém mais teve medo dele, o Rio Limea, Limaia, Belion, Lethes, Oblívio ficou à mercê de todos povos bárbaros passados, presentes e futuros que fazem dele esgoto dos dejetos urbanos e rurais ou que dele extraem demasiados inertes fazendo recuar a costa a Sul da sua Foz e retendo água salgada nos locais de onde foi retirada a areia, situação que a continuar, cedo ou tarde aumentará as salinidades do rio a Montante com consequências devastadoras.

    É pena, porque na época atual daria muito jeito termos na nossa querida terra um rio como o Lethes ou Oblivio, se possível a desaguar na Foz do Tejo, Cais das Colunas ou Doca de Belém, para os Lusitanos tomarem banho nele e esquecerem os seu pecados e toda a porcaria que vai pelo mundo.

     

    O Rio Lima ou Limia,  toma também no seu percurso, e conforme as regiões, os nomes de Talariño, Freixo ou Mourenzo.

     

    Mesmo com Lendas tão atribuladas e tantas designações diferentes para um comprimento de somente 109 kms, o Rio Lima ou Limia tem trechos de rara beleza, que não foram estragados com as Barragens do Alto Lindoso e Touvedo (São Lourenço).

     

    Estas Barragens não prejudicam, antes pelo contrário, melhoram a beleza da região em que se enquadram.

     

    As Barragens, essas anteparas que o homem põe à natureza, fazem sempre recordar o autor das anteparas que no caminho e a si mesmo coloca quando tem de percorrer uma determinada rota.

    Não é este normalmente o Sistema Nacional para encaminhar o futuro que funciona muito mais à base do postparas, ou seja não planificas convenientemente, avanças sem pensar e, depois, no post, inevitavelmente paras, o postparas, ao qual se segue, no caso de obras encomendadas pelo Estado pelo deparas, deparas-te com uma continha calada com extras que não orçamentaste, que és obrigado a adquirir e que custam ao Povo os olhos da cara.

    Se o cliente for uma Entidade Privada fia mais fino, pois os tostões envolvidos pertencem mesmo a alguém que defende o seu Património Pessoal, ou que responde perante alguém que defende o seu Património Pessoal. Convém esclarecer que no caso das Grandes Sociedades Anónimas este patronado se designa por Grandes Acionistas, porque dos Pequenos não reza a história, e que só servem para os Grandes ganharem fortunas.

    Não acreditando que em concursos para a Entidade Estado ou encomendados por Grandes Acionistas haja quem deliberadamente não especifique nos Cadernos de Encargos dos Concursos todos os item necessários à conclusão serena de uma Obra para que, mais tarde possam ser feitas encomendas extras não orçamentadas, teremos de chegar à conclusão que, em Portugal, somos péssimos a Planificar.

     

    Se o autor estiver errado quanto a Honestidade Orçamental, então, somos Ótimos.

     

    Resumimos o método de ação mais vulgarizado entre nós:

     

         Não pensas primeiro, não pões anteparas, não anteparas,

         segues à Lagardère, fazes asneira e obviamente post paras

         e, se fores Estado ou Pequeno Acionista, passas ao de paras,

         (deparas-te com um continhas calada, que, tu, Povo, tens de pagar).

     

    É o método do anteparas, postparas e deparas.

     

    Abençoados.





    Da maneira como isto vai, qualquer dia a exigência da colocação do sexo
    no pedido de uma certidão será considerada discriminação!

    Martin Guia


    NASCENTE DO RIO LIMA OU LIMIA NA SERRA DE SAN MAMED, MONTE TALARIÑO, PARADIÑA, VILARIÑO, XINZO DE LIMIA, PROVINCIA DE OURENSE, cerca da OU-113.


    São de salientar nos primeiros quilómetros do Rio Lima ou Limia os moinhos que aproveitam a sua energia cinegética, mais intensamente nas povoações galegas de Couso, Freixo e Sarreaus.

    A Nascente não está assinalada e houve que procurá-la com o auxílio de um cidadão local, membro da família Tabuada, que o levou a um amontoado de arbustos onde abundam fetos, e algumas árvores a fazerem uma mata.

    Atendendo à densidade dos arbustos ou mato, é por vezes muito difícil, senão impossível sem meios especiais, atingir a Nascente, para nós quase como um Olho de Água, onde, segundo os habitantes locais mais antigos, nasce o Rio Limia ou Lima, cuja origem previamente se considerava ser na Laguna de Antela, drenada e seca nos anos 50 do século passado.

    (40568) Aspeto geral do local da Nascente do Rio Límia ou Lima, junto à estrada OU-113, KM 33,5

    (02987) Aspeto da mata onde se encontra a Nascente

    (02984) Nascente

    (02988) Nascente

    (02989) autor sobre a Nascente

    (02986) Guia local amador

    O Rio segue o seu destino atravessando a povoação de COUSO, MUNICÍPIO DE SARREAUS, aldeia rural reconstruída, hoje um complexo turístico rural com catorze habitações e dois dos moinhos atrás mencionados para onde é desviada a água do Rio Lima.

    (02981) Aspeto do interior de Couso

    (02982) Água do Rio Lima ou Limia que alimenta os moinhos

    É em Couso que se localizam as 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª PONTES do Rio Lima ou Limia.




    Um dos candidatos a Presidente pensa no que lhe será mais conveniente e é isso só que sente; os restantes, sem pensar,
    Sentem imediatamente só o que lhes é conveniente!

    Martin Guia


    1ª PONTE – EM COUSO – ANTES DO PRIMEIRO MOINHO DE ÁGUA

    (04372) Piso

    (04374) Montante

    (04375) Jusante





    Ao ver aquele cão escanzelado, faminto, cabeça caída, língua de fora
    e mais peladas do que pelo, sinto que sou belo e esqueço a minha falta de cabelo!

    Martin Guia


    2ª PRIMEIRO MOINHO DE ÁGUA – EM COUSO

    (04368) Moinho

    (04375) Montante

    (04376) Montante

    (04370) Jusante

    (04369) Jusante





    A filha tem tanto carinho pela mãe e deseja-lhe tanto bem que até parece mãe!

    Martin Guia


    3ª PONTE – EM COUSO

    (04362) Tabuleiro

    (04363) Piso

    (04364) Montante

    (04367) Jusante





    Entalar: palavra terrível que, quando perde o viço, entala e ninguém dá por isso!

    Martin Guia


    4ª SEGUNDO MOINHO DE ÁGUA – EM COUSO

    (04361) Moinho

    (04358) Moinho, interior

    (04360) Moinho, interior

    (04367) Montante

    (04355) Jusante





    Céu sombrio que te escondes na chuva, faz-te estio; céu que ardes no estio, passa a
    regadio, homem triste que balanças entre a desgraça e a esperança, faz-te criança!

    Martin Guia


    5ª PONTE – EM COUSO

    (04351) Piso

    (04352) Piso

    (04354) Montante

    (04353) Jusante





    Céu que se alcança com a dor e se perde com a alegria,
    céu escuro que se clareia com as nuvens e se carrega com o céu,
    céu triste e acabado … não és o meu que vou para o céu ao lado!

    Martin Guia


    6ª PONTE – EM FREIXO

    (02032) Piso (Estrada)

    (02034) Montante

    (02033) Montante (Passagem por debaixo da Estrada)

    (02036) Jusante

    (02037) Jusante





    A respiração acelerou, as mãos crisparam, as pupilas mirraram, o corpo curvou
    e cheia de desejo sorriu o semi-sorriso que precede o beijo!

    Martin Guia


    7ª PONTE – EM FREIXO

    (02039) Piso

    (02041) Piso

    (02044) Piso

    (02042) Montante

    (02043) Montante

    (02046) Jusante

    (02048) Jusante





    Chora guitarra, chora … chora pela alma de quem, sozinho sem ter ninguém,
    com todo o amor já vivido, já morreu sem ter morrido!

    Martin Guia


    8ª PONTE – EM SARREAUS, OU-1104, KM9

    (04388) Piso

    (04394) Piso

    (04391) Montante

    (04392) Jusante

    (04395) Jusante





    As mulheres dividem-se em empregadas e desempregadas,
    todas elas mal empregadas!

    Martin Guia


    9ª PONTE – ENTRE XINZO DE LIMIA E ABAVIDES, A-52

    (04549) Piso a Montante

    (04570) Piso a Jusante

    (04551) Montante (a Ponte está entaipada a Montante)

    (04571) Jusante





    Coisa triste é a saudade, seja jovem, ou já de idade,
    que pungente aparece quando a gente já a esquece!

    Martin Guia


    10ª PONTE – ENTRE ABAVIDES E XINZO DE LIMIA, N-525, KM 195

    (04397) Piso

    (04398) Piso

    (04400) Montante (vê-se Ponte local antiga)

    (04401) Jusante





    Com tudo que já vi e vivi, para mim, drama, só na cama!

    Martin Guia


    11ª PONTE – EM XINZO DE LIMIA – A MONTANTE DA PONTE DA AV. DE PORTUGAL

    (04528) Piso

    (04530) Montante

    (04532) Jusante





    Deus devia ter começado o mundo criando uma linda rosa, uma pomba branca
    e a azeitona, mãe da oliveira … não o fez … fez asneira!

    Martin Guia


    12ª PONTE – EM XINZO DE LIMIA – AV. DE PORTUGAL, N-525, KM 157

    (01364) Piso

    (01365) Piso

    (01366) Montante

    (01367) Montante

    (01368) Jusante

    (01369) Jusante





    Como não sei como começar este amor, vou começá-lo pelo fim;
    assim, quando acabar, não me despeço porque não te conheço!

    Martin Guia


    13ª PONTE – EM XINZO DE LIMIA – CALLE 2 DE MAYO

    (04420) Piso

    (04424) Montante

    (04422) Jusante





    Como nunca peço para mim, tenho o imenso poder de poder pedir!

    Martin Guia


    14ª PONTE – EM XINZO DE LIMIA – PARA PEÕES – A JUSANTE DA PONTE DA CALLE 2 DE MAYO

    (04426) Piso

    (04428) Montante

    (04430) Jusante





    Como será o que será? Será!

    Martin Guia


    15ª PONTE – EM XINZO DE LIMIA – PARA A PISTA DE BOUZO

    (04433) Piso

    (04437) Montante

    (04439) Jusante

    CANAL DEL LIMIA OU DA LAGUNA DE ANTELA

    A PARTIR DA PONTE 15º PASSAM A VISUALIZAR-SE AS PONTES DO CANAL DEL LIMIA OU DA LAGUNA DE ANTELA ANTES DA SUA CONFLUÊNCIA COM O RIO LIMIA PROVENIENTE DE PARADIÑA, VILARIÑO, QUE OCORRE DEPOIS DESTE JÁ TER PASSADO POR XINZO DE LIMIA, MAIS CONCRETAMENTE, A VISUALIZAÇÃO DA 1CNª PONTE À 17CNª PONTE.

    NO TERRENO VERIFICAM-SE, NO INVERNO, DUAS ORIGENS PARA CANAL DEL LIMIA: (1) UMA VALA ORIGINÁRIA DA ZONA DE VILAR DE GOMARETE E SAN MIGUEL (VILAR DE BARRIO), CUJA ÁGUA CONFLUI, APÓS TER PASSADO DEBAIXO DE UMA PONTE (2CNª), COM (2) A DE UMA OUTRA VALA CUJA ÁGUA PROVEM DA ZONA DE VILAR DE BARRIO.

    ENQUANTO A ÁGUA DA PRIMEIRA VALA NÃO TEM QUALQUER OBSTÁCULO ATÉ À PONTE DA CONFLUÊNCIA, A SEGUNDA PASSA SOB A SEGUINTE PONTE:





    É sempre preferível a mulher, mesmo feia, que nos compreende
    e nós compreendemos à que é linda, nos entende e nós não entendemos!

    Martin Guia


    1CNª CANAL – PONTE A SEGUIR A VILAR DE BARRIO ANTES DA 1ª CONFLUÊNCIA

    (02096) Piso

    (02097) Montante

    (02099) Jusante

    2CNª CANAL – PONTE DA CONFLUÊNCIA DA VALA DE VILAR DE GOMARETE, SAN MIGUEL (VILAR DE BARRIO)

    (02083) Confluência (à esquerda Estrada proveniente de Vilar de Gomarete, San Miguel (Vilar de Barrio) e à direita Estrada proveniente de Vilar de Barrio)

    (02085) Vala proveniente de Vilar de Gomarete, San Miguel (Vilar de Barrio)

    (02087) Entrada da água da vala para passar debaixo da Ponte, Montante

    (02086) Piso (Estrada sem nada a Montante e um Muro a Jusante)

    (02084) Jusante


    APÓS ESTA CONFLUÊNCIA O CANAL PROSSEGUE EM VIA ÚNICA





    A mesma mentira mil vezes repetida passa, pouco a pouco, a nova verdade
    e eu, que não mudei e que me quedei silencioso, passo a mentiroso!

    Martin Guia


    3CNª CANAL – PONTE NA ESTRADA PARALELA AO CANAL, CRUZAMENTO PARA VILAR DE BARRIO

    (02075) Tabuleiro

    (02076) Piso

    (02078) Montante

    (02077) Montante

    (02082) Jusante

    (02081) Jusante





    Deus, concentra-te no teu filho que na cruz chora
    e não penses tanto em ti que já não tens melhora!

    Martin Guia


    4CNª CANAL – PONTE PERPENDICULAR À ESTRADA PARALELA AO CANAL QUE ENTRONCA NA N-525, KM 202

    (04296) Piso

    (04297) Montante

    (04299) Jusante





    Os contornos da verdade são como os do Sol
    que só se deixam ver ao nascer e ao morrer!

    Martin Guia


    5CNª CANAL – PONTE PERPENDICULAR À ESTRADA PARALELA AO CANAL QUE ENTRONCA NA N-525, KM 202 – A JUSANTE DA 4CNª

    (04290) Piso

    (04291) Montante

    (04293) Jusante

    (04294) Jusante





    O corpo só está realmente quente quando o coração sente!

    Martin Guia


    6CNª CANAL – PONTE PARALELA E A JUSANTE DA 5CNª E NO ENFIAMENTO DA 7CNª PONTE (O CANAL BIFURCA E VOLTA A JUNTAR-SE)

    (04278) Piso

    (04279) Montante

    (04281) Jusante





    Deus caça para a sua coutada tudo o que o Mundo tem de bom!
    Porque não caça tudo o que ele tem de mau e nos deixa viver só com o resto?

    Martin Guia


    7CNª CANAL – PONTE PARALELA E A JUSANTE DA 5CNª E NO ENFIAMENTO DA 6CNª PONTE (O CANAL BIFURCA E VOLTA A JUNTAR-SE)

    (04284) Piso

    (04285) Montante

    (04287) Jusante





    Horóscopo: quando a Terra for assassinada nem deus, nem os homens
    descobrirão o criminoso!

    Martin Guia


    8CNª CANAL – PONTE ENTRE XINZO DE LIMIA E ABAVIDES, A-52

    (04554) Piso

    (04557) Montante

    (04558) Montante

    (04564) Jusante





    Meu amor, até morreres, não peças desculpa à culpa, que culpa tem a desculpa
    de jamais sentir a culpa de não ser a desculpa da culpa de linda seres?

    Martin Guia


    9CNª CANAL – PONTE PERPENDICULAR À ESTRADA PARALELA AO CANAL E QUE ENTRONCA NA N-525, KM-202 – A JUSANTE DA 8CNª

    (04410) Piso

    (04411) Montante

    (04412) Jusante





    Custou-me tanto pari-lo, mas agora, que pela primeira vez o abraço e sinto a sua pele,
    sou eu que me desfaço e passo a ser só dele!

    Martin Guia


    10CNª CANAL – PONTE PERPENDICULAR À ESTRADA PARALELA AO CANAL E QUE ENTRONCA NA N-525, KM-202 – A JUSANTE DA 9CNª

    (04404) Piso

    (04405) Montante

    (04407) Jusante





    Danço rumba, chá-chá-chá, rock, tango e bolero, mas na verdade o que mais quero
    é valsar no teu ventre quando está macio e quente!

    Martin Guia


    11CNª CANAL – PONTE – ENTRE XINZO DE LIMIA E SANDIÁS, N-525, KM-202

    (02059) Piso

    (02060) Montante

    (02061) Montante

    (02064) Jusante

    (02065) Jusante





    De degrau em degrau, patamar em patamar, lugar em lugar, impulso em impulso,
    a pulso, numa corrida sempre a escorregar, só para batermos ainda com vida
    à porta do derradeiro lugar!

    Martin Guia


    12CNª CANAL – ENTRE N-525, KM-202 E OU-531, KM-3 (NA PISTA PARA PONTE LIÑARES, DIREÇÃO JUSANTE A PARTIR DA N-525, KM-202)

    (02102) Entrada para a Pista na N.535, KM 202

    (02101) Entrada para a Pista na N-525, KM 202

    (02103) Tabuleiro

    (02104) Piso

    (02105) Montante

    (02107) Jusante





    De derivada em derivada volta-se sempre á primitiva!

    Martin Guia


    13CNª CANAL – PONTE – ENTRE XINZO DE LIMIA E VILARIÑO DAS POLDRAS, VILAR DE SANTOS, OU-531, KM-3

    (01909) Piso

    (01911) Montante

    (01914) Jusante





    Só desafia para descobrir quem é o mais forte, quem teme ser o mais fraco!

    Martin Guia


    14CNª CANAL – PONTE – IMEDIATAMENTE A JUSANTE DA 13CNª – ENTRE XINZO DE LIMIA E VILARIÑO DAS POLDRAS, VILAR DE SANTOS, OU-531, KM-3

    (01915) Piso

    (01917) Montante

    (01920) Jusante





    Desejo é desespero que espera não ser desespero e nem espera e que,
    quando o desejo ocorre, mata o desespero no desejo que morre!

    Martin Guia


    15CNª CANAL – PONTE – A JUSANTE DA 14CNª PONTE – NA PISTA PARA JUSANTE EM DIREÇÃO A PONTE LIÑARES INICIADA NA N-525, KM-202

    (02109) Tabuleiro

    (02110) Piso

    (02111) Montante

    (02112) Montante

    (02114) Jusante

    (02115) Jusante





    Não sendo dado a enganos sei que o meu voltar a estar bem foi já há trinta anos!

    Martin Guia


    16CNª CANAL – PONTE – A JUSANTE DA 15CNª PONTE – NA PISTA PARA JUSANTE EM DIREÇÃO A PONTE LIÑARES INICIADA NA N-525, KM-202

    (02118) Tabuleiro

    (02119) Piso

    (02120) Montante

    (02122) Jusante





    De primitiva em primitiva e de derivada em derivada agarrou-a e tentou um cosseno,
    falhou a secante, ficou-se na tangente, perdeu a reputação e nunca mais foi gente!

    Martin Guia


    17CNª CANAL – PONTE – A JUSANTE DA 16CNª PONTE – NA PISTA PARA JUSANTE EM DIREÇÃO A PONTE LIÑARES INICIADA NA N-525, KM-202

    (02124) Tabuleiro

    (02125) Piso

    (02126) Montante

    (02128) Jusante


    TERMINAM AQUI AS PONTES DO CANAL DO LIMIA OU CANAL DA LAGOA DE ANTELA.

    AO CANAL SÓ LHE RESTA CONFLUIR COM O RIO LIMIA PROVENIENTE DE XINZO DE LIMIA. PARA ENCONTRÁ-LA SEGUE-SE A PISTA DO BOUZO QUE PARTE DE XINZO DE LIMIA.


    RIO LIMIA (CONTINUAÇÃO)





    Caprichoso é o destino comum a todos nós, primeiro sermos amigos dos filhos, depois sê-lo dos país e, no fim, só dos avós!

    Martin Guia


    16ª PONTE – PERPENDICULAR À PISTA DA MARGEM ESQUERDA MAIS OU MENOS PARALELA AO RIO LIMIA APÓS A SUA SAÍDA DE XINZO DE LIMIA

    (04444) Piso

    (04446) Montante

    (04447) Montante

    (04448) Jusante

    (04449) Jusante





    Deus que pregas só amor, pecas quando me castigas porque igual a mim ficas!

    Martin Guia


    17ª CONFLUÊNCIA DO CANAL DEL LIMIA COM O RIO LIMIA

    CONFLUÊNCIA VISTA DA MARGEM ESQUERDA

    (04454) Panorama geral, o Canal do Limia ao fundo e o Rio Limia à direita

    (04460) Panorama geral, o Canal do Limia ao fundo e o Rio Limia à direita

    (04470) Rio Limia vindo de Montante, a aproximar-se da Confluência

    (04468) Rio Limia a caminhar para Jusante com a Confluência ao fundo à direita

    (04469) Rio Limia mais próximo da Confluência com o Canal del Limia ao fundo à direita

    (04463) Rio Limia após a sua Confluência com o Canal del Limia

    (04467) Antonio Jose Martinez Martinez, El Castellano, que muito ajudou o autor na Confluência

    CONFLUÊNCIA VISTA DA MARGEM DIREITA

    (02132) Confluência (Canal à esquerda; Rio à direita)

    (02130) Confluência (Canal à esquerda; Rio à direita)

    (02131) Confluência (Canal à esquerda; Rio à direita)

    (02139) Canal a Montante da Confluência

    (02138) Rio a Montante da Confluência

    (02135) Rio Limia unificado a Jusante da Confluência

    (02136) Rio Limia unificado a Jusante da Confluência





    Dia meu que adormeceu na vida que eu sabia não voltaria a ter …
    … anoitecer triste a mergulhar na saudade que já não tem idade!

    Martin Guia


    18ª PONTE – ENTRE A PISTA E SAINZA (RAIRIZ DE VEIGA) – PRIMEIRA PONTE DO RIO LIMIA APÓS A CONFLUÊNCIA COM O CANAL DEL LIMIA

    (04472) Piso

    (04474) Montante

    (04478) Montante

    (04476) Jusante





    O verdadeiro distraído só se recorda que é esquecido
    quando se lembra que esqueceu que esqueceu o que tinha perdido!

    Martin Guia


    19ª PONTE – PONTE LIÑARES – ENTRE FORXA (PORQUEIRA) E BANDE, OU-301, KM-16

    (04604) Tabuleiro

    (04606) Piso

    (04608) Montante

    (04609) Montante

    (04610) Jusante





    Do nosso corpo ninguém é dono, podemos destiná-lo a quem quisermos
    porque o nosso corpo só se suja quando apodrece na terra, nos céus, ou nos infernos!

    Martin Guia


    20ª PONTE – ENTRE BANDE E MUIÑOS (MUGUEIMES), OU-1201, KM-5

    (04631) Piso

    (04633) Montante

    (04632) Montante

    (04634) Jusante





    Doce e lindo é o sonho que dando-nos felicidade
    tanto se sonha a dormir como se deseja acordado!

    Martin Guia


    21ª EMBALSE DE LAS CONCHAS – ENTRE OU-540 E MUIÑOS (MUGUEIMES), OU-1202, KM-13

    (04649) Piso

    (04653) Piso

    (04654) Montante

    (04652) Jusante

    (04660) Jusante

    (04662) Jusante





    Triste foi a manhã de Outono em que, já sem esperança e sem dono,
    respirei a Primavera que iria ser, mas que, afinal, não era!

    Martin Guia


    22ª PONTE – ENTRE AS CONCHAS E CRUZAMENTO DA OU-1202 PARA FONDEVILA (LÓBIOS), OU-540

    (02191) Piso

    (02192) Montante

    (02194) Jusante





    As dores, a partir de certa idade, são coisas que não se sabe
    se serão para abalar, ou se já vieram para ficar!

    Martin Guia


    23ª CENTRAL ELECTRICA DE LAS CONCHAS – EM VALOIRO – ENTRE CABALEIROS E HERDADIÑA, OU-161, KM-4

    (02206)Piso

    (02207) Montante

    (02208) Montante

    (02210) Jusante

    (02211) Jusante





    É só o teu amor o que me prende a ti, por isso, conselho amigo,
    quando ele acabar não te preocupes comigo!

    Martin Guia


    24ª PONTE – ENTRE VALOIRO E XEÁS (INTERROMPIDA), OU-161, KM-4

    (02222) Tabuleiro

    (02212) Piso

    (02214) Piso

    (02215) Montante

    (02216) Montante

    (02218) Jusante

    (02219) Jusante

    (02224) Central





    A mulher é gorda, redonda e depois?
    A bola é redonda e salta e a mulher faz sempre falta!

    Martin Guia


    25ª VIADUCTO DE SALAS – SOBRE BRAÇO DO LIMIA – ENTRE XENDIVE E A PORTAXE, OU-1202, KM-20

    (02252) Piso

    (02253) Montante (vista para a Ponte de A Portaxe)

    (02255) Jusante





    Egoísmo: eu eu, tu eu, ele ou ela eu, nós eu, vós eu, eles ou elas eu!

    Martin Guia


    26ª VIADUCTO DE A PORTAXE – SOBRE BRAÇO DO LIMIA – ENTRE XENDIVE E FONDEVILA (LÓBIOS), OU-1202, KM-20,5

    (02261) Piso

    (02262) Piso

    (02266) Montante

    (02263) Jusante (Viaduto de Salas)

    (02264) Jusante (Viaduto de Salas)





    Enquanto fores vivo chama a ti a sorte, vive a vida e não vivas a morte;
    depois de morto deita fora a vida e goza bem a morte … se quiseres ter sorte!

    Martin Guia


    27ª PONTE – ENTRE HERDADIÑA E XENDIVE, OU-540, KM-56

    (02231) Piso

    (02232) Piso

    (02233) Montante

    (02236) Jusante





    Sempre que te entregares toma muito cuidado, nada há de mais perigoso
    do que o amor por gozo não comercializado!

    Martin Guia


    28ª PONTE – ENTRE FONDEVILA (LÓBIOS) E HERDADIÑA, OU-540, KM-62 (GASOLINERA REPSOL)

    (02276) Tabuleiro

    (04736) Piso

    (04737) Piso

    (04741) Montante

    (04743) Jusante





    Nada pior do que equívoco, não deixa marca e marca!

    Martin Guia


    29ª VIADUCTO DE LANTEMIL – ENTRE ACEREDO E LANTEMIL, A ILLA, OU-1207, KM-0

    (02287) Piso

    (02289) Montante

    (02291) Jusante





    Eras a flor sem jardim do meu suspiro sem fim,
    chegaste e, de uma assentada, foi-se embora meu triste nada!

    Martin Guia


    30ª BARRAGEM – CENTRAL DO ALTO LINDOSO, EN-530

    (04791) Piso

    (04795) Piso

    (04793) Montante

    (04797) Montante

    (04792) Montante

    (04817) Jusante

    (04807) Jusante

    (04809) Jusante

    (04804) Jusante





    Éramos dois! Partiste e penetrou-me o cheiro intenso a um não ser imenso!

    Martin Guia


    31ª PONTE – ENTRE CIDADELHE E SOAJO, ENTRE EN-203 E EN-332

    (04851) Piso

    (04854) Montante (vê-se ex-Central Elétrica)

    (04860) Montante (vê-se ex-Central Elétrica)

    (04856) Jusante

    (04859) Jusante





    Em jovem, ou em adulto, o erudito é o inimigo natural do homem culto!

    Martin Guia


    32ª BARRAGEM DE TOUVEDO (SÃO LOURENÇO) – ENTRE TOUVEDO (SÃO LOURENÇO) E SÃO JORGE (TOUVEDO) – ENTRE EN-530 E EN-203

    (02331) Tabuleiro

    (02322) Piso

    (02323) Montante

    (02324) Montante

    (02325) Jusante

    (02326) Jusante





    A contrastar com o homem culto naquilo que ele tem de decente e de elegante
    está o homem erudito … ser pouco inteligente, sem ideias próprias e com memória de elefante.

    Martin Guia


    33ª PONTE – PONTE NOVA – EM PONTE DA BARCA, EN-101

    (04871) Piso

    (04872) Piso

    (04876) Montante

    (04875) Montante

    (04873) Jusante





    Quer tu queiras, quer não, a erva boa e a daninha começaram por um grão!

    Martin Guia


    34ª PONTE – PONTE VELHA – EM PONTE DA BARCA

    (04885) Piso

    (04889) Piso

    (04893) Piso, Brasão com Coroa

    (04894) Piso, Brasão com Esfera Armilar

    (04887) Montante

    (04890) Jusante





    Esclerose, esclerose, não és minha, és só tua, ao entrares no meu corpo
    puseste-me no meio da rua!

    Martin Guia


    35ª PONTE – EM PONTE DE LIMA, A-3 – IP-1, E-1

    (05006) Piso Montante

    (05003) Piso Jusante

    (05008) Montante

    (05004) Jusante





    Mexo um joelho, dói-me e faço-me sorridente; mexo o outro, dói-me e sorridente me
    faço … e isto dá-se em cada passo … uma dor que, passando pelos rins, baixa dos
    joelhos para os artelhos. Diz-me tu que tudo sabes: será que já estou velho?

    Martin Guia


    36ª PONTE – EM PONTE DE LIMA – PONTE VELHA

    (04984) Tabuleiro

    (04985) Tabuleiro

    (04953) Piso

    (04954) Piso

    (04956) Montante

    (04964) Jusante

    (04966) Jusante





    Esperar? Porquê? Para quê? Por alguém? Porquê? Por quem?
    Desespero, não espero e pago as bicas! Tu se quiseres ficas!

    Martin Guia


    37ª PONTE – EM PONTE DE LIMA, EN-201 – 21E-1

    (04944) Tabuleiro

    (04989) Piso

    (04991) Montante

    (04992) Montante

    (04997) Jusante

    (04998) Jusante





    Infelizmente, ainda não é suficientemente importante para já ser humilde!

    Martin Guia


    38ª PONTE – ENTRE LANHESES E GERAZ DO LIMA, EN-305

    (05081) Piso

    (05082) Montante

    (05084) Jusante





    Faço dieta, não tomo café, pratico desporto, não fumo, não bebo vinho …
    … vou ser um morto muito engraçadinho!

    Martin Guia


    39ª PONTE – EM VIANA DO CASTELO, A-28 – IC-1

    (01192) Piso

    (01189) Montante

    (01188) Montante

    (01194) Jusante

    (01195) Jusante





    Odeio os ismos: estrangeirismos, anglicismos, galicismos, germanismos, italianismos,
    americanismos, extremismos, sismos … todos eles da família zoológica dos abismos!

    Martin Guia


    40ª PONTE – EM VIANA DO CASTELO – PONTE EIFFEL, EN-13

    (03101) Tabuleiro

    (03100) Tabuleiro

    (05037) Piso

    (05044) Piso

    (05052) Montante

    (05048) Jusante





    Se tiveres a sorte de acreditar que a vida é o intervalo da morte
    agradecerás a sorte de voltares à morte!

    Martin Guia


    41Aª FOZ DO RIO LIMA – EM VIANA DO CASTELO – MARGEM NORTE, EN-13

    (02928) Molho da Margem Norte e Estaleiros de Viana do Castelo

    (03383) Molhe

    (03386) Molhe

    (03388) Farol da Margem Norte

    (03389) Farol da Margem Norte e fim de Rio Lima

    (03393) Vista do Farol da Margem Norte para o fim do Molhe da Margem Sul

    (03399) Vista para Montante

    (03396) Linha da Foz do Rio Lima vista da Margem Norte

    (03395) O autor na Linha da Foz do rio Lima na margem Norte





    No Século Vinte e Um, o compasso é marcado pelo supérfluo e pelo devasso!

    Martin Guia


    41Bª FOZ DO RIO LIMA – EM VIANA DO CASTELO – MARGEM SUL, N-13

    (03438) Aproximação ao Molhe

    (03439) Aproximação ao Molhe

    (03443) Molhe e fim do Rio Lima

    (03437) Linha da Foz no fim do Molhe Sul para o fim do Molhe Norte

    (03454) O autor no fim do Molhe Sul

    (03452) O autor na Linha da Foz do Rio Lima, Margem Sul





    Serás que estás apaixonada, ou somente feliz por sentires-te desejada?

    Martin Guia


    41Cª FOZ DO RIO LIMA – EM VIANA DO CASTELO – CONJUNTO, EN-13

    (03441) Foz

    (02932) Foz vista de Santa Luzia

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.